A Hora da História desenvolve diversos projetos na área das Artes Cênicas, com diferentes linguagens artísticas e direcionados para todos os públicos, inclusive o corporativo.

 

A pesquisa da narrativa somada à música e ao teatro é uma característica forte da cia. O universo folclórico, literário e poético brasileiro também são fontes constante de referências e aprofundamentos.

 

A cia foi criada pelas atrizes Camila Cassis e Natália Grisi, que trabalham juntas desde 1998. Ambas formadas pela Universidade de São Paulo (ECA-USP) como Bacharéis em Interpretação Teatral e formadas em Contação de Histórias pelo Movimento Hora do Conto.

 

Atualmente também integram a cia as atrizes Eugênia Cecchini

Luciana Catarina e Mariana Blanski.

 

Diversos outros parceiros, de diferente áreas artísticas,

colaboram com os projetos da A HORA DA HISTÓRIA:

são dramaturgos, músicos, atores, artistas plásticos,

cenógrafos e diretores teatrais que, em parceria com o

núcleo original, desenvolvem pesquisas cênicas,

literárias e de arte-educação.

 

 

 

 

 

PROJETOS, PRÊMIOS E FESTIVAIS

 

  • PROAC 24/2019 - Programa de Ação Cultural - Ações de Incentivo à Leitura, da Secretaria de Estado da Cultura/SP: com o projeto "Proseadeiras: uma contação de histórias itinerante" - 2019.

  • Participou do programa Viagem Literária, da Secretaria de Cultura/SP - 2009, 2013, 2014 e 2019.

  • Integrou a programação da Bienal do Livro de SP  à convite do SESC SP - 2018 e 2014.

  • Realizou dezenas de apresentações no estado de SP pelo projeto CIRCUITO SESCOOP/SP DE CULTURA - 2018 e 2015.

  • Indicação ao PRÊMIO SÃO PAULO DE INCENTIVO TEATRO INFANTIL E JOVEM - Prêmio especial pela extensa pesquisa realizada na Costa da Lagoa no espetáculo A Menina da Lagoa - 2017.

  • Integrou a programação da Flipoços  à convite do SESC Poços de Caldas/MG - 2015 e 2017.

  • 4० Prêmio Zé Renato de apoio à produção e desenvolvimento da atividade teatral para a cidade de São Paulo. Este prêmio resultou no espetáculo infantil A Menina da Lagoa - 2016. 

  • Estreou o espetáculo teatral para crianças ESCONDEONDE, com direção de Jackie Obrigon e texto de Marcelo Romagnolli - 2015.

  • Programa Mais Cultura nas Escolas / MINC / Governo Federal, com o projeto Livrear – 2014.

  • Festival A Arte de Contar Histórias, da Prefeitura de São Paulo – 2008 a 2014.

  • Festival de Artes de Itu - 2013 e 2014.

  • 1º Festival de Teatro Infantil do Shopping Vila Olímpia/SP – 2014.

  • Programa Contação de História como Processo de Estímulo a Leitura, da Prefeitura de São Bernardo do Campo/SP – 2011, 2012 e 2013.

  • Por um Fio, espetáculo criado em parceria com a cia Conto em Cantos, recebeu o simbólico Troféu Pecinha é a Vozinha, criado pelo crítico de teatro Dib Carneiro Neto, que lista os dez melhores espetáculos para crianças de 2012.

  • ProAC 2011 (Programa de Ação Cultural / Difusão da Literatura, da Secretaria de Estado da Cultura/SP), com o projeto No Bixiga tem Leitura - 2011.

  • 14º Festival Cultura Inglesa (prêmio de incentivo a montagens teatrais inéditas, com o espetáculo infantil Tic Tac). Figurinos deste espetáculo, criados por Marina Reis, participaram da exposição Extreme Costumes na Quadrienal de Espaço e Design Cênico de Praga 2011/ República Checa - 2010.

  • Boca do Céu (Encontro Internacional de Contadores de Histórias/SP) – 2009.

  • ProAC 2008 (Programa de Ação Cultural / Difusão da Literatura, da Secretaria de Estado da Cultura/SP), com o projeto Feira de Histórias II – 2008.

  • ProAC 2007 (Programa de Ação Cultural / Difusão da Literatura, da Secretaria de Estado da Cultura/SP), com o projeto Feira de Histórias  – 2007.

  • Projeto Diversão, Educação e Sucesso na Rede, da Prefeitura de Guarulhos/SP (50 apresentações no projeto de valorização do teatro dentro das escolas municipais) – 2003 e 2004.